21 de fevereiro de 2018

E a idade???

E a idade?
Envelhecer...
A Lady Lamp dá umas dicas. Daquelas boas. Mas mesmo, mesmo boas.
 
 
Nota:
Já vos disse que adoro tudo o que esta miúda escreve? E que foi ela a primeira pessoa a "dar-me a mão" neste mundo estranho que é a blogosfera???
Já viram o blogue dela? AQUI?

20 de fevereiro de 2018

Passatempo Yves Rocher

A Yves Rocher está a realizar um passatempo:
 
Yves Rocher

Está a oferecer uma das últimas novidades da Yves Rocher – o Primer Iluminador para o rosto!
Yves Rocher
 
Para te habilitares a ganhar, basta ir às publicações do passatempo nas redes sociais da Yves Rocher Facebook e Instagram.  Só até 26 de Fevereiro!
Boa sorte!

15 de fevereiro de 2018

O barato que sai...baratíssimo...e bom...

Já falei dela AQUI e AQUI.

A latinha azul da Nivea nunca falta cá em casa.
 
A última aquisição foi esta, com uma tampa bem bonitinha:
 
Latinha Azul

Continuo a achar que não é necessário comprar produtos caríssimos para manter a pele bem hidratada e em bom estado.  
Desde muito nova que cuido da minha pele. Já usei tanta coisa, baratinha e algumas bem caras, tendo chegado à conclusão que, na realidade, o que a nossa pele precisa mesmo é de ser bem hidratada, todos os dias, de manhã e à noite, religiosamente.
 
Porque, se não o fizerem, podem até estar a usar um creme de 200 Euros, que o resultado é nulo.
 
Este não é um creme que se possa usar durante o dia, porque é demasiado untuoso e grosso para isso. Mas, durante a noite, faz verdadeiros milagres: como sleeping mask no rosto, para os pés, para os cotovelos, os joelhos e as mãos,... you name it.
 
A latinha azul da Nivea: boa, bonita e barata.
Que mais podemos querer?

14 de fevereiro de 2018

Neuras e tentações...

E de um nada (bem identificado) surgem aqueles dias em que a neura  ataca a pessoa sem dó nem piedade.
 
Acordas desmotivada, sem energia sequer para descolar as pestanas superiores das inferiores.
 
Pões os óculos que deviam aguentar mais seis meses, mas já não dão para ler as letras pequeninas do rótulo da água para verificar a m&%$@ do pH. Sim. Porque chega uma altura da vida que até o pH da água é importante.
 
A pessoa arrasta-se para a cozinha para tomar o pequeno-almoço de sempre, depois para a casa-de-banho para a higiene matinal, veste-se, sem vontade, mete-se no carro com o cão no banco do pendura, porque o gajo é um lateiro e tem a mania de fugir até aos ecopontos quando apanha o portão aberto.
 
Tiras o carro para fora, o portão começa a fechar, mandas o cão de volta para dentro do quintal, dás-lhe um biscoito como recompensa e vais embora. Trabalhar.
 
Mais um dia.
 
Trânsito. Fazer batota. Passar à frente na fila, olhar pelo retrovisor e ler nos lábios do tipo que se distraiu com o telemóvel e te deixou um espacinho para lhe passares à frente: "Filha da  #$%@!"
 
Ouves uns apitos.
 
Na portagem a fulana da frente deixa cair a porcaria do cartão Viacard. Ficas à espera enquanto ela faz umas manobras lentas e desajeitadas de forma a conseguir afastar-se o suficiente para abrir a porta e o apanhar.
 
O resto do dia até corre mais ou menos, embora todos notem que não estás nos teus dias e te perguntem 300 mil vezes porque estás triste.
 
Sais do trabalho, resolves passar no Almada Fórum. Só naquela.
 
Window shopping. Diz que não há nada melhor para curar a neura.
 
Observas minuciosamente a montra de uma das tuas lojas favoritas e vês isto:

Stone by Stone

Stone by Stone



E pronto. Trazes o conjunto para casa.

Tu não tens culpa. Foi a tua neura que te fez cair em tentação.

Mas não é que resulta???

13 de fevereiro de 2018

Unhas Pretas? Seriously???

Desta vez deu-me para escolher o preto.
Não sei bem porquê.
 
Talvez até saiba, mas seria muito complicado de explicar...
Nem sequer cabe nesta página.
 
Engraçado como às vezes há tão pouco para dizer, mas falamos tanto.
E outras há que haveria tanto para por cá para fora, mas ficamos em silêncio.
 
Adiante!
Cá estão elas. As unhas. As minhas primeiras unhas pretas,...mas com brilhos.
 


 
Afinal,
"stars can't shine without darkness",
 não é verdade?
 

12 de fevereiro de 2018

Sushisan - Almada

A pessoa é arrastada pelo filho e a namorada para o restaurante Sushisan em Almada.
 
Ambos adoram, é a segunda vez que vão àquele sítio em concreto,...é a milésima vez que comem Sushi.
Sentamo-nos.
 
Sushisan
 
Eles, entusiasmadíssimos. Com um brilho nos olhos que só visto. O entusiasmo e a antecipação daquilo que para eles é a oitava maravilha do mundo.
 
Eu, apreensiva, não sei se hei de sentir-me feliz por estar ali, se devo correr já porta fora.
 
Falo pelo Messenger com uma amiga que adora aquele restaurante e que diz ter verdadeiros "orgasmos alimentares" a comer Sushi.
 
A menina que nos atende (uma querida) percebe que sou principiante. Portanto, traz-me aquilo que é (segundo o meu filho) a ferramenta do apreciador de Sushi de Nível I:
 
Sushi
 
 
Chega o primeiro prato.
 
Estes ainda são soft, dizem os miúdos. Já vêm um pouco cozinhados. Não são mesmo crus.
 
Como o primeiro.
Não me parece muito mau, mas também não me fascina. Repito.
 
OK.
Ainda há esperança para mim.
 
Vem o segundo prato.
 
Sushi
 
 
Entusiasmada pela experiência das primeiras amostras e pelo aspeto destes meninos, decido provar todos os exemplares.
 
Decido,...na minha cabeça.
Mas do decidir ao cumprir vai uma enorme distância,...que no meu caso não foi tão grande assim, porque não passei do terceiro pedaço.
 
Esse desgraçado fica-me na boca, às voltas, a não querer ser engolido.
Faço um esforço. Bebo um pouco de água e lá vai ele. Desaparece para o estômago, onde há de ficar até ao dia seguinte a trazer-me um sabor de peixe cru à boca.
 
Vem o terceiro prato.
Lindo de morrer:
 
Sushi
 
Ainda lhe toquei. Mas não há esperança para mim.
 
Dizem que, no caso do Sushi, ou se ama ou se odeia.
 
O meu filho e a namorada amam, adoram, veneram, idolatram.
 
Eu?
 
Odeio.
 
Desculpem lá, pessoal aí do Sushisan!
 
São todos muito simpáticos, não teve nada a ver com o vosso serviço.
 
O que veio para a mesa tinha um aspeto excelente.
Os meus olhos adoraram, mas o meu estômago embrulhou-se de tal forma que não volto a repetir a experiência.
 
Ainda assim, prometo que volto ao vosso spot!
Sei que servem uma massa com camarão, devidamente cozinhada, que é de comer e chorar por mais.
Além disso, a sobremesa agradou-me. Muito.
Sushi
 
Salvou-se a noite.
 
Pela sobremesa e pela alegria e diversão estampadas na cara dos miúdos a comerem algo que adoram, e a apreciarem as minhas expressões faciais, provocadas pela reação das minhas papilas gustativas.
 
Obrigada, Rafa e Carol!
Obrigada, Sushisan!
 

11 de fevereiro de 2018

O Closet da Jaclyn Hill

Deixo-vos com uma visita guiada ao closet da Jaclyn Hill.
Vão precisar de uns minutos para verem tudo, mas vale a pena. A grande maioria de nós nunca há de ter um closet assim, mas pelo menos podemos tirar algumas ideias sobre como organizar algumas das roupas, calçado e acessórios que temos.
 
Enjoy!

10 de fevereiro de 2018

Escovas de Dentes para Manicure e Pedicure???

Sabiam que uma velha escova de dentes pode fazer maravilhas na preparação e acabamento de vossa manicure/pedicure caseira?
 
  • Como instrumento de preparação podem usá-la durante o duche, antes de tratar das vossas mãos e pés, escovando bem as unhas e as cutículas. Serve como esfoliante, ajudando a remover células mortas e a amolecer a pele à volta da unha para depois a podermos empurrar mais facilmente com um pauzinho de cerejeira.
  • Como instrumentos de acabamento, no caso de fazerem como eu, que pinto as unhas à noite e aproveito o duche matinal para retirar todo o verniz que foi parar onde não devia. Para o fazer uso a tal escova de dentes. E não é que funciona???  

9 de fevereiro de 2018

Tutorial para Peles Maduras

Deixo-vos com este tutorial da Sona Gasparian para peles maduras.
 
Aquele La Mer Powder,...que supostamente (e ao contrário de outros pós fixadores) ajuda a disfarçar pequenas rugas, ainda tem de vir morar cá para casa.  
 
Ora ide lá cuscar! AQUI.
 
 

8 de fevereiro de 2018

E onde coloco o raio das sombras???

Compramos uma paleta de sombras. Temos 10, 12, 18 ou mais à nossa frente e nem sabemos por onde começar,... e acabamos por usar apenas uma com medo de fazer disparates.
 
O Wayne Goss arranjou uma forma simples de explicar um técnica de aplicação de sombras.
Ora ide lá cuscar! AQUI.
 
 

7 de fevereiro de 2018